segunda-feira, 17 de abril de 2017

[Dica da Malu] O canto mais escuro da floresta

Sinopse:Uma história repleta de magia e mistérios, da autora de As Crônicas de Spiderwick. Hazel e seu irmão, Ben, moram em uma cidade onde humanos e fadas convivem. A magia aparentemente inofensiva desses seres atrai turistas de todas as partes, que querem ver de perto as maravilhas do lugar e, principalmente, o garoto de chifres e orelhas pontudas que descansa em um caixão de vidro. Hazel e Ben eram fascinados pelo garoto quando crianças. Mas, à medida que crescem, as histórias e teorias que inventavam perdem o encanto. Eles sabem que o garoto de chifres nunca acordará... Até que um dia ele acorda. Agora, os irmãos precisam se tornar os heróis que fingiam ser em suas brincadeiras e desvendar os mistérios que envolvem aquele príncipe com chifres.”Autora: Holly Black / Editora: Galera Record / Páginas: 294                                                          Comprar: Amazon                                                                                                Livro recebido de cortesia da Galera Record.

No começo do mês, recebi uma surpresa linda da Galera Record. Uma caixinha cheia de folhas, um vidrinho com uma essência maravilhosa e o livro O canto mais escuro da floresta, da autora Holly Black, um dos lançamentos mais recentes da editora (vocês podem ver a foto no Instagram no blog, aqui). Eu já tinha visto a sinopse e a capa deste livro antes e estava muito ansiosa para ler. 
Neste livro, vamos conhecer dois irmãos, Hazel e Ben, e a pequena cidade em que vivem. Fairfold fica localizada no interior dos Estados Unidos, mas é totalmente diferente do que se espera. Lá, as pessoas sabem que magia é real e fazem de tudo para evitar irritar os seres mágicos que habitam a floresta próxima à cidade. Os humanos que habitam o local convivem pacificamente com o Povo, graças a um acordo com as fadas, porém, os turistas não fazem ideia dos perigos que se escondem na floresta e visitam o local com frequência, atraídos, principalmente, pelo caixão onde dorme um jovem garoto com chifres e orelhas pontudas.

“A comida era mais gostosa em Fairfold, as pessoas diziam, porque era temperada com feitiços. Os sonhos eram mais vívidos. Os artistas, mais inspirados, e seus trabalhos, mais belos. As pessoas se apaixonavam mais profundamente, a música era mais agradável e as ideias vinham com mais frequência do que em outros lugares.”

Hazel e Ben cresceram sabendo de todas as normas que se referiam ao contato com o Povo, porém, iam constantemente à floresta para ver o garoto de chifres, o qual imaginavam ser um príncipe diferente das outras fadas. Eles sonhavam em libertá-lo de seu caixão e afastar o perigo das fadas da cidade. Imaginavam-se como um cavaleiro e um bardo que iriam proteger a cidade dos malfeitos do Povo e ajudar o príncipe a despertar de seu sono profundo.
Com o tempo, os dois cresceram, entraram na adolescência e se afastaram deste sonho de criança. Ben abandonou de vez o seu lado aventureiro, bem como um talento incomum que tinha para a música. Já Hazel, se tornou famosa por beijar vários meninos e partir o coração de todos eles. No entanto, por traz do que aparentavam para todos, ambos escondiam segredos e feridas que os transformaram. Mas, o pior de tudo, é que essas mudanças afetaram não só o modo como eles eram vistos, como também a relação deles como irmãos. Se antes eram inseparáveis em suas aventuras, agora havia uma barreira entre eles, construída pelos segredos que escondiam.

“O senso de justiça de uma criança às vezes pode ser cruel e absoluto. Uma criança pode matar monstros e encher-se de orgulho. [...] Era capaz de olhar para o irmão e acreditar que juntos eram um cavaleiro e um bardo que lutariam contra o mal, que poderiam um dia encontrar e até mesmo vencer o monstro no coração da floresta. Uma menininha capaz de encontrar o corpo de um garoto, de perder seu cachorro e de acreditar que poderia garantir que ninguém mais morresse.”

No entanto, quando chega a notícia de que o garoto de chifres despertou, tudo irá se transformar na vida de Hazel e Ben, assim como dos moradores da cidade. O monstro que habitava o coração da floresta começará a atacar e, se antes as ameaças da floresta estavam restritas aos turistas imprudentes, agora os moradores de Fairfold também não estarão mais seguros. Enquanto tentam desvendar o mistério do garoto do caixão e do monstro que começou a atacar pessoas da cidade, Hazel e Ben tentarão recuperar a relação que tiveram e encarar os segredos que fizeram com que mudassem tanto.
Como já dá para perceber, além dos elementos de fantasia, esse livro conta com muito mistério. Quem é o garoto do caixão e por quê ele esteve dormindo por tanto tempo? O que é o monstro que habita o coração da floresta e qual a razão de seus ataques? E, para mim o mais interessante, quais razões levaram Hazel e Ben a mudarem tanto e quais segredos eles escondem?

Confesso que, a princípio, demorei um pouco para me conectar com a história e com os personagens. Achei a Hazel uma menina fútil e até um pouco infantil, e o Ben muito sem graça. No entanto, com o decorrer da leitura, percebi que havia muito mais sobre eles do que demonstrado a princípio, e foi aí que o livro me conquistou. A autora nos apresenta o presente e o passado dos personagens, mostrando que eles têm feridas e dilemas muito mais profundos do que se supunha, e deixando o leitor curioso para entender o que aconteceu para que a relação de Hazel e Ben mudasse tanto.
Além dos dois irmãos, há outros dois personagens que têm destaque na história: o garoto de chifres e Jack, o melhor amigo de Ben. Apesar de ter sido o menos desenvolvido dos quatro, o garoto de chifres acaba sendo o motor da história. Mesmo não tendo tantos conflitos quanto os outros três protagonistas, é a partir do momento em que ele acorda que a história ganha ritmo e se desenrola de uma maneira mais interessante. Já o Jack é o personagem mais amor do livro, na minha opinião. Ele é um changeling, uma criança das fadas que foi trocada por uma humana. Normalmente, quando a família humana percebe a troca, devolve o changeling para a fada e recupera o seu filho. No entanto, a família de Jack se recusou a entregá-lo mesmo depois de ter recuperado seu filho biológico. Assim, Jack, mesmo sendo parte do Povo, foi criado como irmão gêmeo de Carter.
Um aspecto que gostei muito nesse livro foi, sem dúvida, a maneira como a autora aborda as relações familiares. Vemos isso tanto na relação da Hazel e do Ben, e na forma como eles foram criados pelos pais, quanto no relacionamento de Jack com Carter e sua família humana, e o dilema que ele sofria por sua origem do povo das fadas. O livro ressalta o tempo todo a importância dos laços familiares, e modo como isso foi trabalhado na história foi muito sensível.
Além da família, o livro fala ainda sobre preconceito, homossexualidade, negligência parental e amadurecimento. Esses temas vão surgindo aos poucos na história e são trabalhados de maneira natural. À medida que conhecemos os personagens e descobrimos mais sobre o passado deles, é que começamos a entender seus conflitos, seus medos, e como acontecimentos passados afetaram o desenvolvimento da personalidade deles.

“Mas poupar outra pessoa é uma coisa complicada. É fácil pensar que estamos indo bem, quando, na verdade, estamos falhando de maneira espetacular.”

Com relação à parte de fantasia da história, achei que deixou um pouquinho a desejar. Senti falta de uma construção mais detalhada daquele universo e de quem eram aquelas criaturas que habitam a floresta. Fiquei um pouco confusa durante a leitura e só comecei a entender melhor da metade para o final do livro.
Por outro lado, a escrita de Holly Black é leve e fluida. Apesar de ter demorado um pouco a mergulhar na história e me envolver com os personagens, depois que isso aconteceu, eu não queria mais parar de ler. Eram muitos mistérios cercando aqueles personagens e queria entender melhor aquele universo, então, acabei ficando totalmente envolvida na leitura. O final talvez tenha sido um pouco rápido demais, mas é compensado por um epílogo que explica mais sobre o desfecho dos personagens.

Por fim, preciso mencionar essa edição maravilhosa da Galera Record. Além da capa linda, a parte interna do livro é maravilhosa. Gostei muito também do uso de páginas amareladas e do tamanho da fonte e espaçamento das letras. A única ressalva que faço com relação a edição, é que passaram alguns errinhos de revisão. No entanto, foram poucos erros e nada grave ou que comprometesse a leitura.
Em resumo, “O canto mais escuro da floresta” é uma leitura muito gostosa, cheia de fantasia e mistério, mas que também aborda temas importantes. A autora fala, com muita delicadeza, da adolescência e das transformações que o jovem passa quando começa a sair da infância. Além disso, o leitor é apresentado a um universo muito lúdico, mas, ao mesmo tempo, brutal e cheio de perigos. Mesmo tendo demorado um pouco para me envolver com a história, acabei mergulhando na leitura e adorei a experiência. Sem dúvida, recomendo este livro para quem gosta de fantasia, aventura e mistérios, ou que simplesmente queira relembrar um pouco a infância e a adolescência.

Agora, quero saber se vocês já leram este ou outro livro da Holly Black. Então, não deixem de me contar aí nos comentários o que acharam e se ficaram curiosos para ler.

39 comentários:

  1. Olá,

    Eu já ouvi falar da autora, mas não estava sabendo dessa obra. Adorei a sua resenha, fora muito clara e objetiva, mesmo você apontando alguns pontos "negativos", eu fiquei um pouco interessado pela história, acho que em um futuro breve irei fazer a leitura da mesma. Adorei a dica! ♥

    → desencaixados.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, tudo bem?
      Que bom que se interessou pelo livro. Apesar de alguns probleminhas, é uma leitura mais do que recomendada, principalmente, para quem gosta de fantasia.
      Beijos!

      Excluir
  2. Eu amei essa capa e amei demais demais mesmo! Nunca ouvi falar dessa autora mas fiquei muito interessada no plot do livro !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Marina, tudo bem?
      Vou te contar que não é só a capa não. A edição toda está muito linda <3
      Mas que bom que se interessou pelo livro. Espero que você leia e também goste da leitura.
      Beijos!

      Excluir
  3. Li um livro da autora e não fluiu muito bem, então, acho que não arrisco mais nada. Mas vou indicar a sua resenha para quem gosta do gênero.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ivi, tudo bem?
      Que pena que a leitura não fluiu para você. Mas sempre recomendo ler mais de um livro de um determinado autor para ver se não gosta da escrita mesmo, pois pode acontecer de ser só aquele livro que não fluiu e outros darem certo.
      Beijos!

      Excluir
  4. Olá!! :)

    Eu não fazia ideia da existência deste livro mas ainda bem que gostaste! Contudo, não acho que va ler, por não parecer muito do meu género de romance...

    Bem, acho ótimo que tenhas apreciado a parte gráfica tanmbem, a capa não esta nada mal mesmo!! hehe A fantasia e o mistério deixam curiosidade... :P

    Boas leituras!! ;)
    no-conforto-dos-livros.webnode.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, tudo bem?
      Que pena que não se interessou pelo livro.
      Boas leituras para você também!
      Beijos!

      Excluir
  5. Olá, estou simplesmente apaixonada por essa capa!!!
    Bom, eu não sou muito fã de fantasia, logo teria gostado mais da leitura que vc hehe. Acho bacana quando um livro aborda relações familiares. Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Gleyse! Tudo bem?
      Essa capa é maravilhosa mesmo. A edição está impecável.
      Olha, o livro é de fantasia sim. Eu só senti falta de um desenvolvimento maior haha. De qualquer forma, vale a leitura.
      Beijos!

      Excluir
  6. Eu já conhecia o livro, apenas não o li ainda. Que bom que a morosidade do início da leitura não interferiu na qualidade do enredo. Muitas vezes acabamos desistindo por conta disso.
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, tudo bem?
      Apesar de ter demorado um pouco para engatar a leitura, não tirou o brilho da história mesmo não. É uma leitura que vale muito a pena.
      Espero que você leia e goste também.
      Beijos!

      Excluir
  7. Olá Malu, menina eu to é surtada com esses livro que você nem imagina, desde que vi os que parceiros receberam fiquei bem animada pra ler a resenha e a sua é a primeira. Dica anotada e fico feliz que a leitura continuou e não desandou apesar do início.
    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Morgana, tudo bem?
      Que bom que você está animada para ler o livro. É uma leitura mais do que recomendada. Espero que você goste também!
      Beijos!

      Excluir
  8. Nunca li nada da autora, mas já ouvi falar coisas positivas sobre sua escrita, e com uma capa linda dessas, a vontade de conhecer só aumenta aqui, haha.
    Fantasia e mistério é sempre um bom combo e quero descobrir as respostas das perguntas que o livro deixa!

    Virando Amor

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Carol, tudo bem?
      Essa capa já desperta a curiosidade de cara, né?
      Eu também acho que fantasia e mistério é uma ótima combinação e deu muito certo nesse livro. Espero que você goste também!
      Beijos!

      Excluir
  9. Eu vi a foto do livro no seu insta, achei tão lindo. Mas não sabia que as folhas vieram juntas. eu gostei do que o livro tem a oferecer, mas fiquei meio pé atrás quando você disse que a fantasia deixou a desejar, sempre li muita fantasia e a gente fica exigente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lilian, tudo bem?
      As folhas vieram junto sim, em um kit super fofo que a editora preparou <3
      Eu também amo fantasia, por isso senti falta de que a parte do Povo fosse mais explorada/explicada. Mas não foi algo que chegou a atrapalhar a leitura. No final das contas, eu gostei bastante e acho que vale a pena ler sim.
      Beijos!

      Excluir
  10. Olá,
    Desde que fiquei sabendo desse lançamento, fiquei babando pela capa e também pelo fato de amar fantasia.
    Acho que esse toque de mistério no enredo faz toda a diferença e mantem o leitor preso ao livro até o final. Gostei de conhecer um pouco mais sobre Hazel e Ben, ficando intrigada para saber quais segredos são esses que acabaram por afastar os dois que antes eram inseparáveis.

    LEITURA DESCONTROLADA

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Michele, tudo bem?
      Eu também fiquei encantada com a capa desse livro, é muito linda e tem tudo a ver com a história.
      O mistério contribuiu para o enredo e que foi o que me fez mergulhar na leitura. Espero que você leia e goste também.
      Beijos!

      Excluir
  11. Oie,
    Achei o kit desse livro maravilhoso. Queria um também. kkkkk
    Nunca li nada da Holly e esse livor desertou meu interesse. A capa e a diagramação dele é linda e a história misturando fantasia com temais, mas comum em livros fora desse gênero, deixa a curiosidade de saber como a autora trabalhou tudo isso.
    Uma pena que a parte fantasiosa deixou a desejar.

    Bjs,
    Garotas de Papel

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Thiana, tudo bem?
      O kit é lindo demais né? Fiquei apaixonada quando chegou aqui em casa.
      Essa foi minha primeira experiência com um livro da Holly, mas, apesar de ter demorado um pouco a me envolver na leitura, gostei bastante da escrita dela. Não vi nada que tire o mérito do livro.
      Espero que você dê uma chance para esta leitura e goste também!
      Beijos!

      Excluir
  12. Que bom que depois de um tempinho você conseguiu mergulhar na leitura, às vezes algumas leituras demoram mais um pouquinho para nos conquistar mesmo.
    Eu nem tinha interesse no livro, mas no encontro de blogs parceiros que teve aqui no Rio as meninas do marketing falaram dele com tanto carinho e amor que até estou considerando fazer essa leitura, por mais que não curta muito fantasia.

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Tamires, tudo bem?
      Demorei um pouquinho para mergulhar na leitura, mas depois gostei bastante. Esse livro é uma aposta da editora e, na minha opinião, eles acertaram em cheio.
      Se você resolver ler, depois me conta o que achou.
      Beijos!

      Excluir
  13. Oiee, tudo bem? Adoro livros de fantasia e esse parece incrível! Já conheço a escrita da Holly e gosto muito do estilo dela. Sua resenha ficou linda e me deixou com ainda mais vontade de ler o livro, pra ontem! Espero ter a oportunidade em breve <3
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Gabrielly. Tudo bem, e você?
      Muito obrigada! Fico feliz de saber que gostou da resenha.
      Que bom que se interessou pelo livro. Espero que você leia e goste também. Depois me conta o que achou.
      Beijos!

      Excluir
  14. Oii, tudo bem?
    Não curto fantasia mas esse eu gostei bastante por falar também das transformações da adolescências e pela premissa também que achei super interessante! Anotei a dica e pretendo ler quando sair da minha rotina e decidir colocar uma fantasia no meio hahaha. Amei a resenha ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Manuh, tudo bem?
      Que bom que se interessou pelo livro. Acho que mesmo não curtindo muito fantasia, você irá gostar. Espero que você leia o livro sim. E depois me conta o que achou.
      De qualquer forma, fiquei feliz de saber que gostou da resenha. Obrigada!
      Beijos!

      Excluir
  15. Olá.

    Li o livro este mês e confesso que gostei da narrativa dele. Já tinha lido um outro livro da Holly Black, então, sabia mais ou mesmo como ela escreve. Agora quero ler mais livros dela.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, tudo bem?
      Apesar de ter demorado um pouquinho, também gostei da narrativa do livro.Foi meu primeiro contato com a escrita da Holly Black, mas também quero ler outros livros dela.
      Beijos

      Excluir
  16. Oi, tudo bem?
    Eu também recebi esse livro de surpresa, mas confesso que não sabia nada sobre ele até ler sua resenha agora. Achei a premissa bem bacana e apesar de não ler muitos livros nesse estilo, fiquei animada para pegar meu exemplar e já começar a ler. Enfim, apesar dos personagens não serem muito cativante no início, creio que vou gostar.

    Beijos :*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Larissa, tudo bem?
      Aproveita que recebeu o exemplar também e dá uma chance para esse livro. É uma leitura muito gostosa e vale a pena. Espero que você leia e goste também!
      Beijos!

      Excluir
  17. Oi!
    Ai esse livro <3 Quero muito ler! Adoro as histórias da Holly. Sua resenha me deixou com ainda mais curiosidade para conhecer esses personagens - e fico muito feliz que a leitura é leve e fluída! Bjus!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Vitória, tudo bem?
      Se você já curte a escrita da Holly, acho que vai gostar desse livro sim. Foi meu primeiro contato com a autora, e eu gostei bastante.
      Espero que você leia e que seja uma leitura proveitosa para você.
      Beijos!

      Excluir
  18. Olá Malu,
    Que bom que essa leitura te agradou e que você o indique. Já li algumas coisas da Holly e não gostei da forma como ela escreve, então, não tenho a mínima vontade de ler esse livro.
    No mais, sua resenha está completa e as imagens linda. Vou deixar a dica passar, pois sei que não vou curtir.
    Beijos

    ResponderExcluir
  19. Oi!
    Eu achei a capa super linda. Eu não conheci a história e fiquei bem interessada. Ainda bem que você conseguiu engrenar a história mesmo no começo tendo achado a personagem infantil. Parabéns pela resenha :)

    Bjs

    ResponderExcluir
  20. Olá!
    Eu conheci esse livro no Mochilão da Record, na sexta feira passada. Esse foi um dos lançamentos que fiquei mais curiosa para ler. Eu amo fantasias e que envolvem mistérios, melhor ainda. É a primeira resenha que leio dele e minha vontade de ler só aumentou. Essa edição está maravilhosa, né? Fiquei torcendo para ganhar ele no sorteio, mas não ganhei, infelizmente hahaha.
    Beijos,
    Nay
    Traveling Between Pages

    ResponderExcluir
  21. Oie! Tudo bem?

    Estou louca para ler esse livro, parece ser muito prefeito! Tirando que é da Holly, amo os livros dela, mas não nego que tem alguns que é dificil de engatar na leitura! Mas espero gostar do livro quando o ler!

    BJss

    ResponderExcluir

Copyright © 2013 | Design e C�digo: Amanda Salinas | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal