domingo, 27 de novembro de 2016

[Dica da Malu] The heart of betrayal

Autora: Mary E. Pearson
Editora: Darkside Books
Páginas: 395

A resenha de hoje é sobre o livro “The heart of beatryal”, da Mary E. Pearson, que é o segundo volume da série Crônicas de Amor e Ódio. Portanto, se você ainda não leu o primeiro livro, o restante do texto contém spoilers sobre o desfecho dele. Recomendo, então, que leia a resenha sobre The kiss of deception aqui, e deixe esta para ler somente depois que tiver lido o primeiro volume da série.

Aqueles que já leram o primeiro livro, devem imaginar o quanto eu estava ansiosa para ler The heart of betrayal. A história havia se encerrado de um jeito totalmente emocionante, me deixando muito curiosa para saber o que aconteceria com os personagens.
Em The kiss of deception, Lia e Rafe são levados como prisioneiros para o reino de Venda. Rafe se faz passar por um emissário do príncipe de Dalbreck e diz ter uma mensagem importante para o Komizar. Já Lia tem sua vida poupada, porque Kaden afirma que ela tem o dom, e que isto poderia ser útil ao Komizar. Deste modo, tanto Lia quanto Rafe são mantidos prisioneiros até o Komizar decidir se eles são úteis para venda ou não.
O primeiro livro teve um final tão aberto que começamos este com muitas perguntas para serem resolvidas. Como ficaria a relação de Lia e Rafe agora que ela sabe que ele é o príncipe de Dalbreck? Como eles vão escapar de Venda? Qual é o mistério em relação ao passado daqueles três reinos? Enfim, muitas dúvidas que fazem com que o leitor fique mergulhado na leitura desde a primeira página, procurando por respostas.
Apesar de envolvente desde o início, o livro começa em um ritmo um pouco mais lento do que eu esperava, considerando o final eletrizante de The kiss of deception. No entanto, acabei percebendo que isto foi algo natural na história, pois a autora estava apresentando um novo reino, muito diferente de tudo que havia sido mostrado até então. Assim, a história flui mais devagar para que possamos descobrir aos poucos o funcionamento daquela sociedade.
Uma das coisas que mais gostei neste livro é o modo como a visão que Lia tinha de Venda e o que ela realmente encontra naquele local se confronta. Ela consegue enxergar mais do que um reino cheio de bárbaros, o que torna sua situação ainda mais complexa. Além disso, os questionamentos sobre o modo de vida das pessoas e a maneira de governar da sua própria terra natal são inevitáveis.
Desta maneira, algo que esteve muito presente no primeiro livro, acontece ainda mais intensamente neste: a quebra de estereótipos. Não apenas no que se refere à imagem que se tinha de cada reino, mas também em relação aos personagens. Em vários momentos somos surpreendidos por comportamentos que não esperávamos e por revelações surpreendentes que quebram a imagem que tínhamos de alguns deles.
Além disso, aos poucos Lia vai descobrindo mais sobre o passado de Morrighan, Dalbreck e Venda. Ela começa, então, a perceber que há contradições entre a história que ouviu durante todos os seus anos de estudo e aquela que está conhecendo. Essas descobertas contribuem não só para deixar o universo em que se passa a história mais complexo, mas também para tornar difícil o posicionamento do leitor em relação aos três reinos. É cada vez mais complicado ver quem está com a razão e definir quem são os civilizados e quem são os bárbaros.
Mas, para mim, o grande mérito deste livro foi a construção dos personagens. Assim como no seu antecessor, vemos em The heart of betrayal personagens complexos e muito bem construídos, com conflitos interessantes e compreensíveis. Claro que o destaque é a Lia, que mais uma vez demonstra sua força e sua coragem, mas que está muito mais madura devido aos acontecimentos do livro anterior e à sua nova realidade. Além disso, conhecemos mais sobre Rafe e Kaden e conseguimos entender melhor os dilemas deles e as escolhas que eles fazem ao longo da história.
O livro traz também novos personagens, tão complexos e interessantes quanto os que já conhecíamos. O Komizar é, sem dúvida, um dos personagens mais bem construídos da série. Longe de ser o vilão bárbaro que esperávamos, ele é frio, calculista, extremamente inteligente e com um caráter difícil de decifrar, sendo capaz de atos terríveis, mas que parece se importar de fato com seu povo. Por outro lado, conhecemos Aster, uma menina muito esperta e corajosa, que passou por dificuldades, mas aprendeu a se defender e se cuidar. Ela rapidamente se torna amiga da Lia e é impossível não ser cativado por sua postura valente e leal.
Com relação ao ritmo da história, como eu havia dito, o início é mais lento do que em The kiss of deception, pois há um novo reino sendo apresentado, juntamente com novos personagens. No entanto, a segunda metade flui muito melhor. A história ganha um clima de urgência e tensão, cheia de conspirações e mistérios, deixando o leitor cada vez mais preocupado com o destino dos personagens e as escolhas que eles terão que fazer. O desfecho é daqueles de tirar o fôlego e deixar o leitor sem palavras. Muitas coisas acontecem e mais perguntas são deixadas sem respostas, aumentando muito a curiosidade para o terceiro livro.
Sem dúvidas, Mary E. Pearson soube desenvolver essa trama com imensa habilidade. O leitor é envolvido tanto pelos personagens fortes e complexos, quanto pelo universo rico, bem construído e cheio de mistérios. Para completar, a DarkSide preparou uma edição maravilhosa, com o cuidado e a beleza que este livro merece. Assim, o amor por The heart of betrayal começa do momento que vemos a sua linda capa e só aumenta a cada página que lemos.

P.S: Para quem terminar de ler o livro e ficar morrendo de curiosidade pela continuação, o terceiro volume já foi publicado nos EUA e já está disponível na Amazon. Vou deixar então o link para todos os livros da série disponíveis abaixo, assim vocês podem aproveitar que as promoções da Black Friday hoje:

The kiss of deception:http://amzn.to/2gvf9Gq
The heart of betrayal:http://amzn.to/2fBy2q0
The beauty of darkness:http://amzn.to/2fBAbSw



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Copyright © 2013 | Design e C�digo: Amanda Salinas | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal